terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

OLHANDO PARA TRÁS


OLHANDO PARA TRÁS-GRACINDA ROSA

Uma menina que aprendeu a ler sozinha:

"Cheia de alegria,fui virando página por página, e lendo lição após lição"....."Poderia haver felicidade maior? Isso no dia do meu aniversário." Gracinda Rosa,Olhando para trás, p.66
Sua herança maior foi um tesouro que tem até hoje.
 
Era a Cindinha, que amava "a casa da paineira"

"Quem poderia imaginar que eu era uma pessoa toda feita de pequenos amores que enfeitavam meus dias?" G R.

Os cinemas estão na suas memórias:

 
  NITEROI-RJ

 

Os bondes lhe causavam forte impressão, quando veio para Niterói.Talvez transportassem seus sonhos de menina.
 
 
 
As marchinhas de carnaval como"Nós somos todos do jardim de infância...," e muitas outras, fazem parte de suas lembranças:
 
"Os anos de Liceu foram muito muito significativo em minha juventude."p 112.
quem lê " Olhando para trás" pode conhecer certas delicadezas , elegâncias e a força de quem vai a uma festa vestida com...Mas aí , só lendo mesmo!



Só podia ser um caso especial : saber, saber, saber, escrever suas deliciosas  memórias, terminar num Clube que quer ler sua história.
 
Grata, Gracinda Rosa, pela viagem deliciosa a esse passado tão rico de suas lembranças.
 
@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@
 Imagens do Google,Niteroi-antigo(Face) e arquivo pessoal de Eloisa Helena(Helentry).


 

7 comentários:

  1. Elô, q. bonita homenagem. Gracinda merece e essa foto aí, amei, rsrsrs.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, Elô. Excelente post sobre uma autora e amiga muito querida. "Olhando para trás", da Gracinda, é um livro que nos encanta, diverte e nos leva a uma viagem maravilhosa ao passado.
    Abs,
    Newton

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

  4. Acertadas palavras,Newton, sobre o livro de Gracinda.Ela já viu e está feliz com a surpresa e os comentarios dos amigos.

    ResponderExcluir
  5. Elô, adorei sua postagem sobre o livro da Gracinda OLHANDO PARA TRÁS. O livro me causou uma impressão tão forte - afinal é uma vida toda se descortinando pra gente - que fui conversar com minhas tias (irmãs da minha mãe que reside hoje no céu) para saber de detalhes que minha mãe deixou escapar do passado delas. Gracinda deixa um registro maravilhoso de sua vida. Imagino a alegria do seu filho (lendo as memórias da mãe)... Não vejo a hora de ler a continuação das memórias da Gracinda em mais um livro que brevemente teremos a alegria de adquirir. Parabéns, Elô, pelo seu blog. Beijos da amiga um tanto virtual, mas amiga de qualquer modo .... Angela Ellias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro de Gracinda só me deu coisas boas, inclusive essa sua visita.Saudades!Obrigada por seu sensível comentario.
      Bjs,
      Elô

      Excluir